• Windhoek  ( )

 

 

 

WINDHOEK

 

 

Windhoek - Namíbia - Africa

 

 



 

VOCÊ VAI VIAJAR ?

 

NÃO PERCA TEMPO FAZENDO PESQUISAS. 

 

NÓS FAREMOS TODO O ROTEIRO (DIA A DIA) PARA VOCÊ.

 

CONSULTE-NOS: 

 

E-MAIL: contato@consultordeviagens.com

FONE:  (41) 9943-5960.

 



 

 

 

Windhoek - Namíbia - África

Vista geral das montanhas de Windhoek e da Christus Kirche, um dos principais símbolos arquitetônicos da capital da Namíbia

 

 

Windhoek é a porta da fascinante Namíbia, na África

 

 

Compacta, limpa e segura.

 

Sem exageros, esses são os adjetivos que melhor definem Windhoek, a capital de um dos países mais fascinantes do sul do continente africano, a Namíbia.

 

Seu pequeno e tranquilo centro financeiro concentra os principais atrativos turísticos da cidade com construções de estilos trazidos da Europa e ruas de nomes complexos que não negam seu passado.

 

Nas calçadas da Independence Avenue, todas as raças e línguas se cruzam nessa que é a mais importante via de circulação de Windhoek, cidade localizada a 1660 metros de altura, em pleno centro do país.

 

Africâneres, oshivambos, hereros e até os himbas, os famosos habitantes do distante norte conhecidos por seus corpos pintados, podem ser vistos na região.

 

É ali, entre edifícios coloniais alemães e mulheres negras de coloridas roupas tradicionais, que a África se encontra com a Europa.

 

Mas não é de hoje que a cidade, assim como todo o país, vem provando que tem talento para abrigar povos de cores e culturas tão opostas.

 

A Namíbia, cujos primeiros visitantes europeus vinham de Portugal, já foi administrada pela Alemanha, de 1885 até a sua derrota na Primeira Guerra Mundial, e pela União Sul-Africana, atual território da África do Sul, a partir de 1910.

 

O resultado é um país que, aos poucos, vai encontrando seu espaço.

 

Os produtos são importados do país vizinho, a música ainda tem o mesmo sotaque e ritmo da África do Sul e a moeda local, o dólar namibiano, segue atrelado ao rand sul-africano e confunde os visitantes estrangeiros.

 

Há exatos 20 anos, o país declarava sua independência do vizinho indesejado, uma violenta disputa de poder entre as forças sul-africanas e a Swapo (‘Organização do Povo da África do Sudoeste’) que tivera início, em 1966, e só foi finalizada quando essa assumiu o poder, 23 anos mais tarde.

 

Porém, a Namíbia ainda busca sua própria identidade e, lentamente, vai mostrando para o mundo por que sua paisagem impressionante de selvas e desertos alaranjados tem fascinado viajantes de todo o mundo.

 

E a porta de entrada para esse cenário de beleza única ainda é Windhoek, a simpática capital com ares de interior que fica entre a África e a Europa.

 

 

Atualizado em Setembro de 2010

 

 

 

FONTE = UOL

 

 

MAIS INFORMAÇÕES:

http://www.consultordeviagens.com