ARUBA

 

Aruba  ( ♦ )

 

ARUBA

 

 

A árvore divi-divi é um símbolo de Aruba e pode ser vista em Eagle Beach, na foto. Aruba Tourism Authority/Divulgação

 

Aruba é uma ilha de bom humor que contagia.

No imaginário de muita gente, Aruba é sinônimo de paraíso.

Não é pra menos: só de ver uma imagem com aquele mar azul de tons inclassificáveis, que a ideia de paz e tranquilidade rapidamente vem à nossa cabeça.

No entanto, a ilha caribenha não se limita apenas a servir de cenário idílico para as férias.

Diferente da vizinha Curaçao, onde a influência holandesa é mais visível em sua arquitetura e cultura, Aruba diluiu suas marcas europeias e se permitiu renovar as construções em prol do turismo.

Resorts luxuosos, shoppings e as luzes coloridas dos cassinos e clubes, dão à ilha um aspecto mais cosmopolita e moderno.

A diversidade cultural de Aruba pode até não ser tão visível em seus edifícios e espaços urbanos, mas fica evidente em seus pratos típicos, música e até no idioma.

Ao circular pela ilha, o turista vai ouvir um pouco de tudo: holandês, inglês, espanhol e, claro, o charmoso dialeto papiamento, que parece misturar todas essas línguas – e ainda tem algumas palavras que lembram o português.

As origens de Aruba explicam essa mistura.

Quando chegaram os espanhóis na época do descobrimento, em 1499, a ilha era habitada por índios Arawak.

Em 1636, os holandeses se apossaram do país e lá ficaram por quase dois séculos.

Os ingleses também tomaram conta de Aruba em 1805, mas por pouco tempo: a Holanda recuperou sua colônia em 1816 até 1986, quando o país ganhou autonomia política – apesar de ainda pertencer ao Reino dos Países Baixos.

A economia da ilha era monopolizada pelo refino de petróleo até o final do século XX, quando o turismo, alavancado principalmente pelos norte-americanos, dominou a cena.

O baixo índice de chuvas na região e o fato de estar fora da rota dos furacões (que atingem a maioria das ilhas do Caribe entre julho e outubro), fazem com que Aruba ganhe a preferência de muitos turistas.

Não bastasse tudo o que oferece para o lazer e bem-estar do turista, a ilha ainda conta com um elemento extra: a simpatia do seu povo.

Com uma população poliglota, a comunicação entre locais e visitantes flui com facilidade.

Mas não é só isso, a alegria dos arubianos é contagiante, estão sempre dispostos a conversar, dançar ou contar alguma história.

Vai ver é a proximidade com os trópicos.

Ou talvez o bom humor tenha a ver com a paisagem que eles contemplam diariamente – tem como não rir à toa com um mar azul à disposição na sua janela?

 

Atrações

 

Parque Nacional Arikok

 

Parque Nacional Arikok

 

Principal atração natural de Aruba, o parque ocupa cerca de 1/5 da área da ilha.

Por ali, os turistas podem fazer trilhas, observar formações rochosas, animais, vegetação local e pinturas indígenas e até mesmo tomar um banho de mar no final de algum passeio.

Para dar tempo de desbravá-lo com calma, dedique um dia somente a este passeio se possível.

O ideal é percorrer o Arikok de carro 4×4 para explorar rotas por dunas e pontos mais remotos, mas há também trilhas guiadas por profissionais do parque.

Há três formações geológicas na área de terra de Arikok: a formação de lava, uma formação de quartzo diorito e uma formação calcária.

Esses afloramentos de rocha geraram condições climáticas que possibilitaram a existência de tipos únicos de fauna, como os lagartos whiptail, a coruja “shoco”, o periquito arubiano “prikichi”, e flora, como os cactos típicos de áreas desérticas que circundam o parque.

Os jardins Cunucu Arikok e o Shon Shoco valem a visita.

Ambos contam com pequenas trilhas com placas que informam os tipos de plantas presentes ali – muitas delas são utilizadas na medicina tradicional.

Outra atração do parque é a “Miralamar”, onde estão as ruínas de um complexo de minas de ouro.

Serviço  
Parque Nacional Arikok
San Fuego, 70
Tel:  (297) 585-1235
www.arubanationalpark.org

 

Submarino Atlantis

 

Aruba – Submarino Atlantis

 

Passear de submarino é uma oportunidade única.

Viajar pelo fundo do mar em salas com ar-condicionado, estando vestido e seco, costuma ser privilégio de militares e cientistas.

A indústria turística caribenha oferece esta chance a adultos e crianças.

O passeio pelo Atlantis Submarines a 45 metros de profundidade comporta 46 passageiros de cada vez e dura uma hora.

Parte-se do porto da capital, Oranjestad, de catamarã até Barcadera Reef, ponto de ricas flora e fauna aquática.

Serviço
De Palm Tours (operadora oficial)  
L.G. Smith Blvd. 142  
Tel: (297) 522-4400
www.depalmtours.com/atlantis-submarines-expedition

 

 Arashi Beach

 

Arashi Beach

 

Próxima a Malmok Beach, no norte da ilha, esta praia fica próxima a uma área residencial e é bastante frequentada por locais.

Com águas calmas e cristalinas, o local é perfeito para ser explorado em um mergulho com snorkel.

Fique atento se for visitar a praia, pois lá é tão tranquilo que é aconselhável levar comida e bebida, pois é raro encontrar barraquinhas ou mesmo vendedores ambulantes.

 

Palm Beach

 

Aruba – Palm Beach

Uma das praias mais famosas de Aruba, Palm Beach tem dois quilômetros de extensão e abriga em sua orla alguns dos principais hotéis e resorts do país.

Suas águas calmas atraem toda variedade de turistas: famílias com crianças, casais e fãs de esportes náuticos.

Repleta de bares, lojas e restaurantes, a movimentação nessa região é intensa durante o dia e a noite..

Fonte: UOL

 

E ENTÃO?  GOSTOU DO DESTINO?

MUITAS OUTRAS INFORMAÇÕES ESPERAM POR VOCÊ.

SOLICITE UM ROTEIRO PERSONALIZADO EXCLUSIVO E APROVEITE AO MÁXIMO A SUA PERMANÊNCIA EM ARUBA.

 

https://www.consultordeviagens.com

×